Dicas para não errar na escolha das roupinhas do bebê

Sabemos o quanto pode ser complicado montar o enxoval do bebê, a lista de itens (e todos eles acreditamos ser totalmente essenciais) é imensa e cheia de pequenos detalhes que não podemos esquecer.

Quando minha filha Ana nasceu, a caçulinha entre 3 irmãos, acreditava que ia tirar tudo isso de letra, afinal já havia passado por isso duas vezes….Que grande engano!!

Foram 14 anos de diferença entre meu primeiro filho e a caçula, milhares de produtos foram lançados e mesmo com toda experiência materna, ainda comprei algumas coisas que não usei rsrs

Minha maior dificuldade foi com o vestuário, isso mesmo, as roupinhas do bebê. Parece simples, é só definir a quantidade de cada tamanho, as cores e fim…Tudo resolvido!!!

Mas não é bem assim não, existem muitos fatores que definem se você vai fazer uma boa compra ou não.

 

Segue algumas dicas para você não errar na escolha.

1 – Dê prioridade para roupas confeccionadas em algodão, malha ou tecidos naturais que esticam e sedem. Pois na hora de vestir é muito mais fácil, tecidos naturais são mais frescos e confortáveis, um super aliado no bem estar do bebê.

2 – Se deseja comprar uma peça de roupa mais elaborada, que tenha aplique ou bordado, vire a peça e olhe do avesso, passe a mão e sinta a textura para saber se não vai irritar a pele do bebê e se possui algum forro para proteger. Isso vai evitar que você invista dinheiro em uma peça que não poderá ser usada depois.

3 – Quando comprar macacões tanto de inverno, como de verão, escolher sempre os que possuem abertura frontal, são muito mais fáceis de vestir.
Nos primeiros meses todos os processos são novos para os bebês, portanto, tudo o que for mais fácil e prático vai ajudar na sua rotina com ele.

4 – Quando escolher os bodies e as camisetas, escolha aqueles decotes que abrem com facilidade. Aqueles com botoes na gola ou com aberturas transpassadas nos ombros (habitualmente utilizados nas golas dos bodies) Essas aberturas facilitam muito, principalmente quando os bebês fazem aqueles super cocôs que acabam vazando, nesse modelo você tirar o bodie por baixo evitando sujar todo o bebê.

5 – Evitar roupas com fechamento nas costas, além de serem desconfortáveis quando eles ficam deitados, é muito mais difícil para vestir.

6 – Comprem peças que combinem entre si, pois desta forma você terá muitas opções, variando as peças tendo vários conjuntos diferentes.

7 – Para os Bebês que nascem no verão, comprem tecidos leves, finos, frescos e que não façam o super aquecimento do bebê. Muitos vezes o macacão é curto, o bodie é de verão, mas o tecido não
contribui para uma boa ventilação, sendo muito grosso e desconfortável.

8 – Para o inverno de preferência para macacões com pés ou reversíveis nas mangas e pés. Nos primeiros meses os bebês demoram atingir a temperatura adequada do corpo, principalmente após o banho e troca de roupa.

Enfim, opte por peças simples com bodies, roupas de malha e que facilitem a troca do bebê. Evite peças com muito detalhes, o bebê precisa estar confortável,ele passa seus primeiros meses praticamente só em casa, roupas muito elaboradas e cheia de detalhes dificulta até mesmo para ficar com o bebê no colo.

Mas naquelas ocasiões especiais vale dar aquela caprichada no visual, você tem opções como os vestido bodies (aqueles que são um vestidinho, mas por baixo tem o fechamento de botões como no bodie) na sua maioria são super confortáveis. Para os meninos fica a dica na escolha do tipo de tecido, quanto mais maleável, mais confortável.

Tudo sempre pensando no melhor para o seu bebê <3

2 comentários

  1. Boa tarde ,ótimas dicas gostei muito,tirei algumas dúvidas a respeito do enxoval.

    Responder
    1. Olá Cassilene, agradecemos seu comentário. Se você tiver alguma dica de conteúdo que gostaria de ver, nos fale, estamos aqui para ajudar a mamãe a cada etapa.

      Responder

Escreva um comentário